O Caminho para a Vida Eterna - CULTO AO VIVO: "A CHUVA TARDIA DO ENSINAMENTO QUE DESCE DO CÉU" - 17 de janeiro de 2020

CULTO AO VIVO: "A CHUVA TARDIA DO ENSINAMENTO QUE DESCE DO CÉU"

Reprodução da transcrição disponível em: https://mensajes.carpa.com/mensajes/1998/08/la-lluvia-tardia-de-la-ensenanza-que-desciende-del-cielo/?lang=pt-br

 

Muito bom dia professoras e professores de crianças. É para mim uma bênção grande estar com vocês nesta ocasião, para compartilhar uns momentos de companheirismo ao redor da Palavra de Deus e Seu Programa correspondente ao nosso tempo com relação às crianças e às professoras.

         Diz-nos Deuteronômio, capítulo 32, versículo 1 ao 3:

         “Inclinai os ouvidos, ó céus, e falarei; e ouça a terra as palavras da minha boca.

Goteje a minha doutrina como a chuvisco, destile o meu dito como o orvalho, como chuvisco sobre a erva e como gotas de água sobre a relva.

Porque apregoarei o nome do SENHOR; dai grandeza a nosso Deus.”

         Aqui Deus nos fala que Seu raciocínio e Seu ensinamento; vejam Seu ensinamento “gotejará como a chuva”, e “destilará como o orvalho meu raciocínio”, diz Deus.

         Agora vejam vocês, porque quando Deus fala da chuva tardia [serôdia] e da chuva temporã, é a Chuva do ensinamento: a Chuva Temporã, a Chuva do ensinamento da Primeira Vinda de Cristo, sob a pregação do Evangelho da Graça; e a Chuva Tardia [Serôdia], a Chuva do ensinamento da Segunda Vinda de Cristo.

         Vejam, em Oséias, capítulo 6, versículo 1 ao 3, está falando do que? Da Vinda de Cristo ao povo hebreu, e isso é a Segunda Vinda de Cristo. Diz:

         “Vinde, e tornemos para o SENHOR, porque ele despedaçou e nos sarará, fez a ferida e a ligará.

Depois de dois dias, nos dará a vida; ao terceiro dia, nos ressuscitará, e viveremos diante dele.

Conheçamos e prossigamos em conhecer o SENHOR: como a alva, será a sua saída; e ele a nós virá como a chuva, como chuva tardia e serôdia que rega a terra.”

         Vejam como vem a Segunda Vinda de Cristo para o povo hebreu: vem como a chuva serôdia (essa é a Chuva do ensinamento da Segunda Vinda de Cristo) e a chuva temporã (o ensinamento da Primeira Vinda de Cristo).

         Porque eles primeiro reconhecerão a Segunda Vinda de Cristo e depois conhecerão o que foi a Primeira Vinda de Cristo; portanto conhecerão o Evangelho do Reino e também obterão o conhecimento do que é o Evangelho da Graça, que gira ao redor da Primeira Vinda de Cristo. Ou seja: que Sua Vinda é como a chuva tardia [serôdia] e temporã. Diz:

         “… a nós virá como a chuva, como chuva tardia e serôdia que rega a terra”.

         Vocês poderão ver através da história do cristianismo e do judaísmo (sob a Lei: o judaísmo: e o cristianismo sob a Dispensação da Graça e sob o Evangelho da Graça), que com a Mensagem do ensinamento do Evangelho da Graça tentaram de converter o povo hebreu e não puderam.

         São Paulo diz que será quando tiver entrado a plenitude dos gentios, ou seja: quando tiver entrado até o último dos escolhidos do Corpo Místico de Cristo; e então os mortos em Cristo, pois ressuscitarão primeiro e nós os que vivemos seremos transformados; porque Cristo deixa o Seu Trono de Intercessão no Céu e reclama o que Ele redimiu com Seu Sangue precioso, e ressuscita os mortos em Cristo e nós os que vivemos nos transformará, “e em seguida todo o Israel será salvo”.

         Antes de irmos, estaremos aqui de 30 a 40 dias no novo corpo; e para esse tempo o povo hebreu verá o que eles estão esperando, mas o verá entre os gentios; como eles viram seu irmão José: entre os gentios, como rei, como príncipe e governante do Egito.

         E isso acontecerá antes de começar a grande tribulação e antes de nós irmos à Ceia das Bodas do Cordeiro; e daí em diante continuará todo o Programa que Deus tem para o povo hebreu.

         Mas eles, vejam vocês, não receberam — o povo hebreu como nação — a ninguém com a pregação do Evangelho da Graça. Por quê? Porque essa é a chuva temporã, e aqui diz (e é uma profecia):

         “… a nós virá como a chuva, como chuva tardia e serôdia…”

         Foram ao povo hebreu com a Chuva Temporã, mas a promessa é que irá com a Chuva Tardia [Serôdia] e Temporã; ou seja: com a revelação da Segunda Vinda de Cristo e também dando a conhecer a revelação da Primeira Vinda de Cristo.

         E agora, a Chuva do ensinamento da Palavra de Deus para a Dispensação do Reino; vimos que é a Mensagem do Evangelho do Reino.

         E agora olhem como o profeta Jeremias nos fala também da chuva; no capítulo 3, versículo 3, diz:

         Pelo que foram retiradas as chuvas, e não houve chuva tardia; mas tu tens (e segue enumerando aí)…

         Isto é para Israel, o povo hebreu. Faltou o que? A Chuva Tardia [Serôdia]; mas neste tempo final vai receber.

         E agora, no capítulo 5, versículo 24, vejamos o que diz ali:

         “E não dizem no seu coração: Temamos, agora, ao SENHOR, nosso Deus, que dá chuva, a temporã e a tardia, a seu tempo; e as semanas determinadas da sega nos conserva”.

         E em Ezequiel, capítulo 34, versículo 26, diz:

         “E a elas e aos lugares ao redor do meu outeiro, eu porei por bênção; e farei descer a chuva a seu tempo; chuvas de bênção serão.”

         E a Chuva Tardia [Serôdia] é chuva de bênção para a Igreja gentia e depois para o povo hebreu; assim como a Chuva Temporã da Primeira Vinda de Cristo foi uma chuva de ensinamento, de bênção, para todos os filhos e filhas de Deus dentre os gentios, assim também é de bênção a Chuva Tardia [Serôdia] do ensinamento da Segunda Vinda de Cristo.

         Agora, não sei se vocês notaram que Elias em seu tempo ordenou que não chovesse sobre a Terra, e ele disse: “Não haverá chuva nem mesmo orvalho, sobre a Terra, a não ser por minha palavra.”

         E agora podemos ver que sobre a Terra, a Chuva do ensinamento das diferentes etapas ou eras da Igreja gentia, das sete eras, já cessou; como tinha cessado também o maná quando Josué já está com o povo e começam a comer do alimento das árvores, dos frutos das árvores, já da terra prometida.

         E agora a Chuva se deteve para as sete eras da Igreja gentia, e agora não haverá Chuva a não ser pela Palavra do quinto Elias: chuvas do ensinamento do Evangelho do Reino, a Chuva Tardia [Serôdia]; e isso é para a Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino. Aí é onde está a chuva de bênção para todos os filhos e filhas de Deus.

         Por isso Ele diz: “Sobe aqui”. Não, a Chuva não vai lá, mas: “Sobe aqui”. A Chuva do ensinamento estará onde? Na Era da Pedra Angular, a era da Chuva do ensinamento da Palavra. E essa é a Chuva que vai também às nossas crianças, essa Chuva do ensinamento; chuva de bênção para os adultos, para os jovens e também para as crianças, os quais necessitam também da Chuva.

         Vejam; se não há chuva sobre a Terra, quem se afeta? Os adultos, os anciãos, os jovens, e quem mais? As crianças também. Mas se há chuva, então se beneficiam os anciãos, os adultos, os jovens e as crianças também.

         E agora, Cristo disse: “Se alguém tiver sede, venha a mim e beba”. E agora, vejam vocês, de era em era Ele esteve dando a tomar, a beber, de Seu Espírito Santo, de era em era, ao escutar, ao receber a Chuva do ensinamento; e assim é para nosso tempo também. E é muito importante saber onde Ele está dando a tomar da Chuva do Seu Espírito e da Chuva de Sua Palavra, a Chuva Tardia [Serôdia], correspondente a este tempo.

         Também o profeta Joel falou da chuva serôdia e temporã. Vejam por que, vejamos… Vimos que fala da chuva serôdia e temporã em Oséias, capítulo 6, versículo 1 ao 3; e agora vejamos em Joel, o que nos diz o profeta Joel sobre esta Chuva Tardia [Serôdia] prometida no capítulo 2, versículo 23. Diz:

         “E vós, filhos de Sião…”

         E Sião é a Igreja do Senhor Jesus Cristo. Também representa o povo hebreu, mas na representação máxima corresponde à Igreja do Senhor Jesus Cristo, que é o Sião espiritual e também a Jerusalém celestial. Diz:

         “… filhos de Sião; regozijai-vos e alegrai-vos no SENHOR, vosso Deus, porque ele vos dará ensinador de justiça e fará descer a chuva, a temporã e a serôdia, no primeiro mês.

E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de mosto e de óleo.

E restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto, e a locusta, e o pulgão, e a oruga, o meu grande exército que enviei contra vós.”

         E vejam vocês, aqui nos fala da restauração da Igreja do Senhor Jesus Cristo, e em seguida é aplicado também ao povo hebreu.

         E agora, vejam vocês como os lagares…, como os lugares se encherão de trigo, para…

         “E as eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho e azeite.”

         O azeite representa o Espírito Santo; o vinho representa o estímulo pela Palavra revelada; a Palavra revelada causando, produzindo esse estímulo nos filhos e filhas de Deus. E o trigo representa quem? Os filhos de Deus, os filhos do Reino.

         E agora vejam como se encherão as eiras de trigo. Por causa do que? Da Chuva caindo, a Chuva do ensinamento. Primeiro cai a Chuva Temporã durante as sete etapas ou eras da Igreja gentia, e logo cai a Chuva Tardia [Serôdia] na Dispensação do Reino e Era da Pedra Angular.

         E assim como se enchem as eiras, as eras, cada era com o trigo, os filhos e filhas de Deus, a Era da Pedra Angular se enche do trigo, dos filhos e filhas de Deus.

         Nossa Era é uma Era que estará completamente cheia; e quando estiver completamente cheia, será fechada (o que?) a porta.

         Bom, vejam tudo o que vem por causa da Chuva.

         Por isso vocês veem vegetação, árvores, veem fruto no campo, e vocês podem comer. Até os animais se beneficiam; e por isso podem comer carne, e beber leite, e comer queijo, por quê? Porque até os animais se beneficiam, e então produzem para os seres humanos. E também todas as árvores; e por isso podemos comer vegetais, comemos frutas, e assim por diante podemos comer diferentes coisas do campo. Por quê? Porque há água. E para que haja água, há chuva.

         Vejam como Deus… Sempre, onde não há chuva e onde não há água, instalam um sistema de irrigação; mas vejam como Deus instalou um sistema de irrigação no planeta Terra, e não custa nada aos seres humanos.

         Agora, Deus é o dono desse sistema de irrigação e pode fechar à chave. Elias em seu tempo disse: “Não haverá chuva, nem sequer orvalho, a não ser por minha palavra”. Foi fechada à chave do sistema de irrigação de Deus e acabou a chuva. E isso é tipo e figura da Chuva espiritual; para as sete etapas ou eras da Igreja gentia já cessou.

         Portanto, professores e professoras, para uma era ou dispensação que já passou terão que estar usando o sistema de gotejamento ou gotas, porque não há Chuva.

         A Chuva veio de era em era por meio da manifestação do Espírito de Deus em cada mensageiro; e essa Chuva do ensinamento foi repartida a todos os membros da Igreja de Jesus Cristo: foram ensinados as crianças, os adultos e os jovens também; mas já não há Chuva a não ser pela Palavra de Elias, e isso é para a Era da Pedra Angular e Dispensação do Reino.

         A Chuva do ensinamento da Palavra de Deus, a Chuva do ensinamento Tardio, a Chuva do ensinamento da Segunda Vinda de Cristo, somente pode vir por meio do que? De quem? Do quinto Elias. E em seguida passa a todas as professoras e professores, para levá-la a todos os filhos e filhas de Deus.

         Porque quando há chuva, então se recolhe a chuva, recolhe-se a água…

         Vejam, aqui vemos Benjie “recolhendo Água”. Não necessita um balde, mas com uma câmera recolhe Água; e depois se distribui. E assim recebem essa chuva de bênção todos os que têm seus nomes escritos onde? No Céu, no Livro da Vida do Cordeiro.

         Zacarias também nos fala dessa chuva: no capítulo 10, vejamos o que diz por aqui; versículo 1 diz:

            “Pedi ao SENHOR chuva no tempo da chuva serôdia;...”

         O que lhes parece isso? E não haverá Chuva, senão pela Palavra de Elias. Assim que é necessário a Palavra de Elias para que essa Chuva caia sobre os seres humanos no Último Dia. E é a chuva o que? Tardia [Serôdia].

         “Pedi ao SENHOR chuva no tempo da chuva serôdia; o SENHOR, que faz os relâmpagos, lhes dará chuveiro de água e erva no campo a cada um.”

         E continua falando toda essa passagem; ainda fala da Pedra Angular aí no versículo 4 em diante.

         E podemos ver como o povo pediu Chuva Tardia [Serôdia] … Depois das sete eras da Igreja gentia todo mundo pensou que tudo já tinha terminado e que não havia mais Mensagem da parte de Deus, não havia mais Chuva da parte de Deus; mas vejam vocês, o povo clamou, e Deus tinha feito uma promessa de que daria a Chuva Tardia [Serôdia] como ao princípio; como deu a Chuva Temporã, daria também a Chuva Tardia [Serôdia].

         E agora, temos a Chuva Tardia [Serôdia] do ensinamento do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo como o Leão da tribo de Judá, como Rei dos reis e Senhor dos senhores, na Era Tardia da Pedra Angular.

         Ninguém sabia que viria essa era, e viria um bom aguaceiro de Chuva do ensinamento da parte de Deus, pela Palavra de Elias.

         Foi Elias quem disse: “Não haverá chuva sobre a Terra, a não ser por minha Palavra”. E quem é esse homem que fala assim? É um profeta de Deus, no qual está um espírito de profeta da sexta dimensão manifestado em carne humana; e, vejam vocês, foi ordenado por Deus para fazer todas essas coisas e por isso ele as fez.

         E agora, vejam vocês que não houve Chuva sobre os que estiveram nas sete etapas ou eras da Igreja gentia, que são o remanente dessas eras; sobre eles não houve Chuva; porque a última Chuva que houve nas sete eras foi a Chuva do ensinamento da sétima era por meio do sétimo anjo mensageiro, o reverendo William Marrion Branham.

         Mas agora temos a promessa da Chuva Tardia [Serôdia]. E agora, em que era vem essa chuva? Pois em nossa era, a Era da Pedra Angular.

         É preciso estar dentro dessa era para receber essa Chuva e ser abençoados; porque é uma chuva de bênção, para receber assim a fé para ser transformados e raptados neste tempo final.

         E dessa Chuva… e essa Chuva recebem todos os filhos e filhas de Deus: anciãos, adultos, jovens e crianças também.

         Por isso, professoras das crianças, vocês são muito privilegiadas, porque vocês são professoras de crianças que têm a promessa que receberiam a Chuva Tardia [Serôdia]; e vocês estão passando a eles essa Chuva Tardia [Serôdia] do ensinamento do Evangelho do Reino, que gira ao redor da Segunda Vinda de Cristo.

         E coisas que os teólogos não puderam compreender ainda, agora sob a Chuva do ensinamento do Último Dia, sob a Chuva Tardia [Serôdia], nossas crianças entendem essas coisas que foram tão difíceis para os teólogos compreenderem.

         E agora até nossas crianças entendem, pois a Escritura diz em Daniel, capítulo 12, que os sábios entenderão. E isso é para os últimos dias, que entenderão as coisas que o profeta Daniel quis entender relacionadas ao Último Dia.

         Assim como os sábio de cada era entenderam a Mensagem de sua era e receberam a Cristo como seu Salvador, os sábios do nosso tempo — jovens, crianças e adultos — entenderão o Programa de Deus correspondente ao nosso tempo e receberão a bênção de Deus.

         E somos chamados e juntados neste tempo final sob a Chuva Tardia [Serôdia] e Temporã (porque também temos ensinamento do que foi a Primeira Vinda de Cristo), e somos preparados para ser transformados e raptados neste tempo final. Vejam todos os benefícios que há na Chuva Tardia [Serôdia].

         E agora se junta a Chuva Tardia [Serôdia] com a Chuva Temporã, e vejam como se entrelaçam, e vejam como não há nenhuma contradição entre a Chuva Tardia [Serôdia] e a Chuva Temporã.

         Vimos que vocês são professoras e professores nada menos que das crianças que receberiam essa Chuva Tardia [Serôdia], que receberiam essa chuva de bênção da parte de Deus.

         É um privilégio ser professor ou professora nesta Terra, de crianças em qualquer escola, mas ainda mais — a bênção é maior — quando se é professor ou professora das crianças que receberiam a Chuva Tardia [Serôdia] e Temporã. Esses são os filhotinhos do Leão da tribo de Judá, os quais recebem essa Chuva Tardia [Serôdia] e também a Temporã, porque obtêm também o conhecimento do que foi a Primeira Vinda de Cristo e Sua Obra de Redenção.

         Agora, vimos que vocês não são quaisquer professoras, mas professoras muito especiais por causa dos discípulos que Deus lhes deu: são os filhotinhos do Leão da tribo de Judá; e por isso vocês são privilegiadas.

         Vejam, vejamos todas as professoras que há na Terra, e depois que os reis de tal país escolham (vamos dizer) sete professoras ou oito professoras: uma para a matemática, outra para as línguas, outra para a história, outra para a ciência, outra para (que outra coisa há Miguel?) a geografia (Aí está… Isso é a história, por aí?), estudos sociais, todas essas coisas; e para boas maneiras e todas essas coisas; isso de (ah?)… regras de humanidades e disto para que saibam sentar-se à mesa, saibam comer corretamente, lavar as mãos antes de comer (e todas essas coisinhas que é bom que as crianças saibam)…; e esses reis escolhem para seus filhos essa quantidade de professoras.

         E agora, quais são as professoras mais privilegiadas nesse país? Pois essas professoras que estão dando aula aos príncipes e princesas que algum dia serão reis nessa nação; estão dando aula aos filhos desses reis. Essas são as mais privilegiadas.

         E agora, vocês são as mais privilegiadas porque estão dando aula aos filhos e filhas do Rei dos reis e Senhor dos senhores. Vejam a bênção tão grande que vocês têm; a qual devem compreender e apreciar, e dar graças a Jesus Cristo por esse privilégio e bênção.

         Assim que, professoras dos filhotinhos do Leão da tribo de Judá, saibam que vocês têm um privilégio muito grande em serem professoras dos filhotinhos, do Leão… (não de qualquer leão) do Leão da tribo de Judá, nosso amado Senhor Jesus Cristo; para dar o alimento espiritual da Palavra do nosso tempo, que é a Chuva Tardia [Serôdia]; e também dá e fala do que foi a Chuva Temporã da Primeira Vinda de Cristo e Sua Obra de Redenção na Cruz do Calvário.

         Professoras e professores dos filhotinhos do Leão da tribo de Judá: Que Deus os abençoe, que Deus os guarde; e que os use grandemente sempre em Sua Obra. E continue aumentando o grupo dos filhotinhos do Leão da tribo de Judá, e continuem abrindo-se mais grupos de aulas, e Deus continue acrescentando mais professoras e professores para dar aulas aos filhotinhos do Leão da tribo de Judá no nível deles.

         Bom, que Deus continue os abençoando. Era uma saudaçãozinha nada mais, mas há tanto do que falar que as saudaçõeszinhas, pois, nossos, pois algumas vezes tomam 5 minutos, 15 minutos, meia hora, 1 hora…, e algumas vezes passam de 1 hora também.

         Assim Deus os abençoe, Deus os guarde; e em frente no trabalho que Deus lhes deu para realizar, o qual é uma bem-aventurança para todas vocês e todos vocês, professores e professoras dos filhotinhos do Leão da tribo de Judá.

         Que Deus os abençoe e os guarde, e deixo conosco novamente a Miguel Bermúdez Marín.

         “A CHUVA TARDIA DO ENSINAMENTO QUE DESCE DO CÉU”.

            [Revisão janeiro 2020]

Eu, Jesus, enviei o meu anjo para dar a vocês este testemunho concernente às igrejas. Eu sou a Raiz e o Descendente de Davi, e a resplandecente Estrela da Manhã". Apocalipse 22:16